quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Conto VII- Cansaço


A cabeça dele doia não conseguia pensar,não conseguia fazer nada.
O cansaço era extremo ,mas nem mesmo os sinais do cerebro fez ele perceber.
O descanso era necessário o corpo pediu e a mente teimou .

6 comentários:

  1. Vira e mexe, corpo e mente, brigam e fazem pazes...

    ResponderExcluir
  2. Os meus não Felipe, coincidência hehe.

    ResponderExcluir
  3. Meu corpo e minha mente sempre brigam!
    Tiago sorte a sua!


    abraços meninos!

    ResponderExcluir
  4. Entrou em coma seu corpo remexia mas a mente não
    respondia!

    Ainda bem que agora desempregada corpo e mente
    ficarão em modo economia de energia temporariamente!

    hahaha!

    Abraços!
    =D

    ResponderExcluir
  5. Barbara,


    E me diz: como é que aprendemos a brigar assim com nós mesmos?!


    ;-)


    Beijos,






    Marcelo.

    ResponderExcluir
  6. Boa pergunta como aprendemos a brigar? Não saber responder?!
    As vezes o corpo ta cansado ,mas voce ta la ligadão ..
    Gordinha ja criou um microconto de continuação no seu comentario ,so desempregada parar ne .

    Valeu pessoas!

    Abraços a todos!

    ResponderExcluir

Seu comentario é muito importante com ele podemos caminhar no ciclo dos Vicios Poeticos ,não deixe de fazer parte!